sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

A ÚLTIMA CARTA DE AMOR (livro)





E hoje terminei de ler A última carta de amor, esse livro super, mega e hiper romântico que tem me acompanhado nos últimos meses...  confesso que tive vários momentos durante a leitura, mas da metade para o finel ( aproveitando as férias também obviously) eu tava esquecendo até que precisava comer, tomar banho , etc de tão contagiante que a história se tornou.

Bem, o livro começa quando a jornalista Ellie encontra cartas de amor suuuuuuuuuuuuuuper românticas ( daquelas que qualquer mulher se amoleceria completamente se recebesse) no arquivo do jornal onde trabalha, e como ela precisava de um tema para uma reportagem, nossa heroína começa a investigar o material encontrado datado de 1960.


E dentro das quase 400 páginas muito bem escritas pela autora Jojo Moyes, nós, meros leitores, nos deslumbramos com o amor surreal e impossível entre Jennifer e Anthony.... ela , uma socialite casada com o rico e poderoso Laurence e ele, um simples jornalista que se apaixonou pela mulher errada. Logo de cara vivemos o drama de Jeniffer que perde a memória em um acidente de carro e não consegue lembrar-se de nada... no entanto aos poucos ela começa a encontrar cartas escritas pelo seu amante ( Anthony) espalhadas pela casa e viver a agonia de tentar saber quem era o autor das cartas... 

E para completar, além de narrar a história que se passou nos anos 60, também somos convidados a viver os dramas amorosos da jornalista Ellie, que tinha um relacionamento com um homem casado ao qual ela idolatrava, mas ao mesmo tempo sofria por saber que não teria futuro algum nesse tipo de relação.. sentimento esse compartilhado ( de certa forma) por Anthony, que morria de amores por Jeniffer, mas lá no fundo acreditada que ela jamais pudesse se separar do marido e de todo o conforto que seu dinheiro pudesse comprar.

Quem costuma ler meu blog, sabe que não gosto muito de contar a história, gosto mesmo é de despertar a curiosidade para que alguém sinta vontade de ler o livro, mas o que posso dizer é que todas essas histórias de amor se cruzam e é bem nesse momento que fica impossível largar o livro.

Aproveitem aí os dias de folga para colocar a leitura em dia, e para os românticos de plantão eu super indico A última Carta de Amor.

;)
Nessa

Nenhum comentário:

Postar um comentário